Blockchain – maior eficiência e segurança no setor de logística

Devido à segurança de informações e registros que o sistema de blockchain fornece, ele representa uma solução de grande valor para o setor de logística.

“As empresas dependem de informações. Quanto mais precisas e rápidas o seu recebimento, melhor. A blockchain é ideal para entregar essas informações, pois ela as fornece de forma imediata, compartilhada e completamente transparente, armazenadas em um livro-razão imutável que pode ser acessado apenas por membros da rede autorizada. Uma rede blockchain pode acompanhar pedidos, pagamentos, contas, produção e muito mais. Como os membros compartilham uma visualização única dos fatos, é possível ver todos os detalhes de uma transação de ponta a ponta, o que oferece maior confiança, eficiência e novas oportunidades”. Site IBM.

Seu uso torna a comunicação entre as empresas e as pessoas mais justa, por ser descentralizado. O modelo também permite a possibilidade de que toda a cadeia consumidora tenha acesso aos registros, assim, é possível, por exemplo, o consumidor ter acesso às informações de forma segura, sabendo a procedência dos alimentos e seu caminho até chegar à mesa.

Possibilita que todos os envolvidos na negociação acessem a mesma rede e consigam verificar as informações diretamente da fonte. Além disso, qualquer acerto envolvendo processos importantes, como preços, rotas, tipo da carga, é decidido em consenso.

O uso dessa tecnologia elimina terceiros do processo, permitindo o peer-to-peer, trazendo mais segurança, transparência e até custos reduzidos, por não haver necessidade de intermediário, sejam pessoas ou empresas/instituições.

Para entender como funciona, a criptomoeda pode ser um exemplo mais conhecido, pois elimina o intermediário, que é o banco.

É uma tecnologia promissora que tem o potencial de conectar dois pontos de forma direta, com uma comunicação e desenvolvimento de soluções diretos.

Referências: e-commercebrasil / IBM

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Mais lidas

Artigos Relacionados

Menu