Case Agricultura Vertical: Duijvestijn Tomaten

A Duijvestijn Tomaten é uma empresa holandesa de agricultura vertical, método inovador e sustentável, e tem como objetivo fazer seus processos de forma circular, por exemplo, reaproveitam resíduos de plantas das estufas para criar diferentes tipos de embalagens.

Desde 2011, as estufas da empresa de agricultura vertical são aquecidas com energia geotérmica, que economiza de 6 a 7 milhões de m 3 de gás natural por ano e praticamente elimina o uso de combustíveis fósseis e, em 2019, mais de 2.500 painéis solares foram instalados em seu telhado.

Como resultado? Produção praticamente neutra em CO 2. “Na nossa empresa familiar em Pijnacker, cultivamos atualmente cerca de 25 hectares e produzimos cerca de 17 milhões de quilos de tomates todos os anos.”

Com a inovação da fazenda vertical, a equipe da Duijvestijn pode produzir safras maiores de tomates, em menos espaço e usando menos recursos.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Mais lidas

Artigos Relacionados

Menu