Empresa japonesa produz alimentos feitos por meio de Impressoras 3D que personaliza os nutrientes que o corpo necessita, por meio do DNA do cliente

O estúdio japonês de design conceitual Open Meals, criou um conceito de restaurante, Singularity Sushi, que usará a saliva, fezes e urina do cliente para criar sushi impresso em 3D sob medida para suas necessidades nutricionais.

Esses dados serão usados ​​para informar quais nutrientes são incorporados na porção de sushi do indivíduo. “A hiperpersonalização se tornará comum para alimentos futuros. Com base em testes de DNA, urina e intestino, cada pessoa terá identificações de saúde individuais”, disse o Open Meals.

Assim que a reserva for feita, o restaurante enviará aos hóspedes um kit de teste de saúde para devolução aproximadamente duas semanas antes da data da refeição. Uma impressora 3D e braços robóticos serão usados ​​para construir o sushi, que apresenta formas e texturas intrincadas.

Empresas como essa chegam para afirmar mais uma vez que o futuro é cada vez mais personalizado e como as empresas com tecnologia em seu core afetam diversos setores. Neste caso, uma empresa que une alimentação e tecnologia está diretamente ligada ao setor da saúde, mas será que esses profissionais estão preparados e atentos aos cases disruptivos que surgem cada dia com mais frequência?

Fonte: Dezeen

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Mais lidas

Artigos Relacionados

Menu