Impactos Ambientais da Construção Civil

Você sabe quais são os impactos ambientais da construção civil?

Sabia que o setor é um dos principais responsáveis pelos impactos no meio ambiente no mundo?

Desde a destruição de áreas verdes para abrir espaço para as edificações, o movimento de terra no local, passando pela produção de materiais até o consumo de água e energia elétrica durante a fase de operação, em todas as fases as construções geram muitos impactos.

Pensando na fase da construção, o uso de recursos naturais para a fabricação de materiais atinge números alarmantes.

A mineração de bens da construção civil, como a argila, brita, e principalmente a areia causam grandes danos ao meio ambiente.

O cimento, material considerado grande vilão do meio ambiente, é amplamente usado no setor. Seu processo produtivo gera muito gás carbônico, um dos principais causadores do efeito estufa. Para cada tonelada de clinquer produzido, mais de 600 kg de CO2 são gerados.

Sem contar com os impactos da produção de ferro e aço, do uso de madeira ilegal, dos materiais tóxicos, como algumas tintas e solventes, entre outros.

Além disso, temos que considerar o impacto dos transportes de todos esses materiais, desde o seu local de origem até a obra.

Durante a fase de operação a maior preocupação é o alto consumo de energia e água.

Principais Impactos Ambientais da Construção:

-As construções consomem de 50% a 75% dos recursos naturais do mundo, considerando todo o seu ciclo de vida.

Estima-se que 40% da energia mundial é consumida pelos edifícios.

-Aproximadamente 15% dos recursos hídricos são consumidos por construções.

-O setor é responsável por 30 a 40% das emissões de CO2.

-É a indústria que mais gera resíduos do planeta.

-Além disso tudo, a poluição atmosférica e sonora dos canteiros de obras afetam a qualidade de vida dos seres vivos e do meio ambiente.

Quando aplicamos os princípios da arquitetura sustentável nos projetos, as construções geram muito menos impactos ao meio ambiente pois são pensadas desde o começo para consumirem menos recursos hídricos e energéticos.

Além de pensar na diminuição da geração de resíduos e na escolha de materiais menos poluentes, entre outros benefícios.

Ou seja, diminuir os impactos ambientais da construção civil é possível, depende de planejamento e consciência!

Fonte: SustentArqui

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Mais lidas

Artigos Relacionados

Menu